Clique sobre a revista para folhear
Receba nosso boletim
Busca
Enviar por E-mail
Comente
Imprimir
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Seminário Estadual de Influenza deverá acontecer no dia 21/3
Foto: Reprodução
Campanha de Vacinação contra a Influenza 2013 vai de 15 a 26 de abril em todo o país

 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) por meio do Centro Estadual de Vigilância Sanitária (CEVS) promoverá o Seminário Estadual de Influenza com data de realização prevista para o dia 21/3 no Hotel Embaixador. O evento servirá como ponto de partida para a estratégia estadual de enfrentamento e prevenção aos vírus da Influenza, entre eles o H1N1 que resultou na morte de 67 pessoas no RS em 2012, segundo levantamento realizado pela SES. 

Conforme conta a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Tani Ranieri, o seminário abordará a Influenza de forma ampla, mostrando a situação epidemiológica no Estado, a vacinação e ainda uma discussão sobre tratamento e diagnóstico. A coordenadora nacional de imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, já confirmou a participação na atividade. Tani espera reunir no seminário, além de autoridades no tema, trabalhadores da rede de serviços públicos estaduais e municipais, entidades hospitalares, gestores de saúde e sociedades científicas, com foco principal nas que envolvem pacientes com comorbidades. 

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza 2013 será realizada entre os dias 15 e 26 de abril. O dia da mobilização nacional está marcado para 20 de abril. Neste ano, o Ministério da Saúde espera vacinar 38,5 milhões de pessoas em todo o país. 

Comitê da Campanha de Vacinação Contra a Influenza 2013

A primeira reunião do Comitê da Campanha de Vacinação Contra a Influenza 2013 realizada no dia 31/1 contou com a presença dos diversos departamentos da Secretaria Estadual de Saúde (SES), representantes da Secretaria Municipal de Porto Alegre e sociedades de medicinas como a de Pediatria e de Ginecologia e Obstetrícia. Foram apresentados dados resultantes do estudo realizado pelo Ministério da Saúde - disponível abaixo - para tentar identificar as causas de óbitos no inverno de 2012. Partindo do dado de 67 mortes decorrentes do H1N1 se tiveram os seguintes números: 25,4% estavam na faixa etária entre 40 e 49 anos e 62,7% eram mulheres. O estudo apontou, também, a dispnéia, tosse e febre como os sintomas que mais apareceram. Entre os óbitos os mais atingidos foram aposentados, trabalhadores em atividades agropecuárias e do lar. 

No levantamento realizado pelo CEVS, foi concluído que nos óbitos por H1N1, entre os não vacinados, 50% pertenciam a grupo elegível e mais 67% dos casos o Oseltamivir não foi utilizado em tempo oportuno. 

A Coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Tani Ranieri conduziu a discussão sobre a Nota Técnica divulgada pelo Ministério da Saúde que inclui a estratégia de vacinação contra a influenza para pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições que possam favorecer o surgimento de casos graves da doença. Além disso, puérperas, mulheres que deram a luz recentemente, no período de até 45 dias após o parto, também foram incluídas no grupo alvo de vacinação. Foi formado um grupo técnico para estudar a nota e fazer outro documento, mais simplificado.

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (COSEMS/RS) participou da discussão sobre a Campanha de Vacinação Contra a Influenza 2013 por meio da reunião do Grupo de Trabalho da Atenção Básica, realizada no dia 6/2.

Composição da vacina contra gripe para 2013

A composição da vacina para gripe sazonal é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes, para garantir a eficácia do produto. A resolução está de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o Hemisfério Sul. É proibida a utilização de quaisquer outras cepas de vírus em vacinas contra gripe.

Para 2013, as vacinas deverão conter a combinação dos vírus abaixo para vacina trivalente:

- vírus similar ao vírus influenza A/California/7/2009 (H1N1) pdm09;

- vírus similar ao vírus influenza A/Victoria/361/2011 (H3N2);

- vírus similar ao vírus influenza B/Wisconsin/1/2010.

 
14/02/2013
Fonte: Comunicar Brasil/ANVISA
Total de comentários: 0 0 comentário(s) - Clique aqui e seja o primeiro a comentar
 
Confira também:
-
Portaria 2.278, de 17/10/14, habilita o município de Charqueadas no ESP no âmbito da PNAISP
-
Resolução CIB/RS 604 valida a proposta para aquisição de equipamentos em Nova Santa Rita
-
Resolução CIB/RS 601 valida a ordem de construção de UBS em Venâncio Aires
-
Resolução CIB/RS 602 valida a proposta para aquisição de equipamentos em Xangri-lá
-
Resolução CIB/RS 603 valida a proposta para aquisição de equipamentos em Xangri-lá
 

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
Galeria de fotos