Buscar

Cosems/RS participa em Bagé da inauguração do primeiro ambulatório do RS para doença Macular



Cosems/RS, representado pelo Secretário Municipal da Saúde de Lavras do Sul, Cacildo Goulart Delabary participa com a secretária de Saúde do Estado, Arita Bergmann, e da reitora da Urcamp e presidente da Fundação Attila Taborda, Lia Maria Herzer Quintana da inauguração na sexta-feira (dia 05) do serviço de oftalmologia do Hospital Universitário de Bagé.


A Projeção é de que sejam realizadas 500 consultas com médico oftalmológico, 455 cirurgias, além de diversos exames diagnósticos na área. Este será o primeiro ambulatório a prestar este tipo de serviço no estado.


O serviço permitirá, via Sistema Único de Saúde (SUS), tratamento dos pacientes acometidos de doenças como diabete ocular, além do tratamento inovador da doença macular relacionada à idade (DMRI), principal causa da cegueira em pacientes acima de 60 anos.


Cacildo Delabary reforça a importância da atuação do Cosems/RS junto com o Estado e o município de Bagé para garantir e qualificar o direito à saúde das pessoas. Garantindo assim serviços oftalmológicos para a região pelo SUS.


"Quando assumimos a gestão atual, detectamos um vazio assistencial em oftalmologia nesta região da fronteira. O HU da Urcamp logo assumiu a responsabilidade e o desafio de prestar esse serviço à população. Este foi o hospital que mais cresceu em quantidade e em qualidade nos últimos anos", falou a secretária da Saúde, Arita Bergmann. A reitora da universidade, Lia Quevedo, ressaltou que nenhum sistema de saúde no mundo é melhor que o SUS e "que tem orgulho em dizer que o HU é 100% SUS".


O Hospital Universitário foi contemplado no programa Assistir, do governo do Estado, para a implantação do serviço de oftalmologia e DMRI na região de Bagé para o equivalente a uma população de cerca de 188 mil habitantes. Antes do programa, o HU recebia incentivos estaduais no montante de R$ 72 mil por ano, e agora o valor subiu para R$ 1,7 milhão. O recurso inclui a prestação de serviços de Saúde Mental, com dois leitos para essa especialidade. "Estamos vendo na prática que o Assistir é um sucesso e está fazendo a diferença na vida das pessoas aqui na ponta", falou a diretora do Departamento de Gestão da Atenção Especializada da Secretaria da Saúde (SES), Lisiane Fagundes.


Em visita ao hospital, a secretária ainda pode constatar o funcionamento de equipamentos doados pelo Governo do Estado no enfrentamento à pandemia de covid-19. A Urcamp foi contemplada, por meio do Banrisul, com um extrator de DNA e RNA para a realização de exames diagnósticos RT-PCR de biologia molecular. Desde o início da pandemia, a universidade rodou cerca de 500 testes de covid-19.



Assinatura do contrato


Na oportunidade, também ocorreu a solenidade de assinatura do contrato do programa Assistir. O documento foi assinado pela secretária Arita, pela diretora Lisiane Fagundes e pela reitora Lia. O Assistir proporcionou uma nova base de cálculo para rateio dos recursos estaduais aos hospitais gaúchos.


Texto adaptado da Secretária Estadual da Saúde (SES/RS)


Fotos - Marília Bissigo/Divulgação SES


#sus #bagé


51 visualizações0 comentário