Notícias

DIA NACIONAL DO IDOSO: EXPERIÊNCIAS EXITOSAS DO SUS NOS MUNICÍPIOS ESTÃO FAZENDO A DIFERENÇA NA VIDA DA TERCEIRA IDADE

01/10/2019

 

 

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional do Idoso é celebrado nesta terça-feira, 1º de outubro. Dados apresentados pelo Ministério da Saúde apontam que atualmente, idosos representam 14,3% dos brasileiros, o que corresponde a 29,3 milhões de pessoas. Segundo o Estudo Longitudinal da Saúde dos Idosos Brasileiros (ELSI-Brasil) divulgado em 2018, 75,3% dos idosos brasileiros dependem exclusivamente dos serviços prestados no Sistema Único de Saúde (SUS). Ainda segundo o levantamento, 83,1% realizaram pelo menos uma consulta médica nos últimos 12 meses.

 

De acordo com dados obtidos por meio da Pesquisa Nacional de Saúde, o MS informa que 24,6% dos idosos tem diabetes, 56,7% tem hipertensão, 18,3% são obesos e 66,8% tem excesso de peso. As doenças do aparelho circulatório são a principal causa de internação entre idosos. Em 2018, foram 641 mil internações registradas no SUS de pacientes acima de 60 anos.

 

Diante desse cenário, diversos municípios intensificaram a promoção de atividades voltadas para esse público, principalmente focados na prevenção e promoção da saúde. A partir de uma buscativa na zona rural e urbana, a Secretaria Municipal de Saúde de Junco do Maranhão iniciou um trabalho amplo com os idosos da região. Além do acompanhamento periódico com hipertensos e diabéticos, a equipe multidisciplinar promove atividades físicas, incentivo a alimentação saudável e sessões de acupuntura.

 

Kléssia Novais, autora do projeto, destacou as oficinas de culinária saudável. “Além do acompanhamento individual com a nutricionista, ela reúne os grupos para ensinar receitas, como o processo de desnatação do leite feito em casa para diminuir o valor calórico e várias outras receitas voltadas para as restrições de hipertensos e diabéticos, focando sempre em coisas que sejam acessíveis, fáceis e baratas”. Além disso, o município inovou oferecendo sessões de acupuntura, principalmente para o controle de pressão. “O objetivo do projeto é, de forma criativa e resolutiva, levar qualidade de vida para essa população e temos como retorno uma relação muito amorosa de gratidão”.

 

O município de Pancas, no interior do Espírito Santo, também investiu em atividades para a terceira idade, O projeto “Idosos em Ação” integra acompanhamento médico, nutricional, psicológico e dental.

 

Monalisa de Oliveira, fisioterapeuta e autora do projeto de Pancas-ES, conta que a partir de uma pesquisa na caderneta do idoso do Ministério da Saúde foi elaborado um trabalho de acordo com a realidade do município. “Os idosos passam por uma triagem para acompanhamento da saúde como um todo. Com os grupos de ginástica percebemos uma diminuição muito significativa na procura por fisioterapeuta, por exemplo, que eram demandas com foco nas queixas de dores nas articulações. Com essa população mais próxima dos serviços e o acompanhamento adequado diminuímos também o número de complicações por falta de controle de pressão e uso incorreto dos medicamentos”.

 

As experiências exitosas citadas no texto foram premiadas como os melhores trabalhos municipais dos estados do Maranhão e do Espírito Santo durante a 14ª e 15ª Mostra Brasil, aqui tem SUS.

 

Fonte: CONASEMS.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Fone: 3213.2000 (Ramais 2116  e 2127)
Avenida Sepúlveda, nº 53 - 
Centro Histórico - Porto Alegre / RS

CEP 90010-241

Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul. Todos os direitos reservados. 2018-2020.