Buscar

Campanha de Multivacinação para crianças e adolescentes!



Os postos de imunizações de todo o Rio Grande do Sul, estarão disponibilizando 18 tipos de vacinas para menores de 15 anos de 1º a 29 de outubro.


O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS) reforça e divulga a Campanha Nacional de Multivacinação de 2021. O objetivo é atualizar a caderneta de vacinas de crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias).


Maicon Lemos reforça que a importância da Multivacinação, é proteger as crianças evitando que algumas doenças que estão erradicadas retornem. A campanha de Multivacinação busca a inclusão social, assistindo todas as pessoas, em todos o país, sem distinção de qualquer natureza. As vacinas do programa estão à disposição de todos nos postos de saúde ou com as equipes de vacinação, cujo empenho permite levar a imunização mesmo aos locais de difícil acesso.


Os postos de saúde do Rio Grande do Sul estarão abertos para disponibilizar as doses dos 18 agentes imunizantes que compõem o Calendário Nacional de Vacinação da criança e do adolescente.


Confira aqui as vacinas disponíveis para cada idade:


Ao nascer:

- BCG - Dose única - Hepatite B - uma dose


Aos 2 Meses: - Penta - 1ª dose - Poliomielite inativada - 1ª dose - Pneumocócica 10 - valente - 1ª dose - Rotavírus - 1ª dose


Aos 3 meses: - Meningocócica C - 1ª dose


Aos 4 meses: - Penta - 2ª dose - Poliomielite inativada - 2ª dose - Pneumocócica 10 - valente - 2ª dose - Rotavírus - 2ª dose


Aos 5 meses: - Meningocócica C - 2ª dose


Aos 6 meses: - Penta - 3ª dose - Poliomielite inativada - 3ª dose


Aos 9 meses - Febre amarela - 1ª dose


Aos 12 meses: - Pneumocócica 10 - valente – reforço - Meningocócica C - 1º reforço - Tríplice viral


Aos 15 meses: - DTP (tríplice bacteriana infantil) - 1ª reforço - Poliomielite oral (gotinha) - 1º reforço - Hepatite A - uma dose - Tetra viral - uma dose


Aos 4 anos: - DTP (tríplice bacteriana infantil) - 2º reforço - Poliomielite oral (gotinha) - 2º reforço - Varicela - uma dose - Febre amarela - reforço


A partir dos 5 anos: - Febre amarela

· Se recebeu uma dose antes dos 5 anos de idade: uma dose de reforço

· Se recebeu uma dose após os 5 anos de idade: considerar já vacinado (não necessita de dose de reforço)

· Se nunca recebeu dose ou está sem comprovante de vacinação: dose única


A partir dos 7 anos:

- Tríplice viral - Se não recebeu durante a infância a dose de tríplice viral mais a tetra viral: duas doses com intervalo mínimo de 30 dias entre elas - Difteria e tétano adulto - iniciar ou completar 3 doses, de acordo com histórico, com intervalo de 60 dias. Reforço a casa 10 anos


A partir dos 7 anos:

- Hepatite B - Para crianças não vacinadas no primeiro ano de vida ou adolescentes e adultos não vacinados, recomenda-se três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda doses e de seis meses entre a primeira e a terceira doses.


Meninas de 9 a 14 anos:

- HPV quadrivalente - 2 doses ( intervalo de seis meses entre doses)


Meninos de 11 a 14 anos

- HPV quadrivalente - 2 doses (intervalo de seis meses entre doses)


Entre 11 e 12 anos

- Meningocócica ACWY (quadrivalente) - dose única


Se tiver alguma dose em atraso, procure um posto de saúde e atualize a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes.




73 visualizações0 comentário