Clique sobre a revista para folhear
Receba nosso boletim
Busca
Enviar por E-mail
Comente
Imprimir
Imprimir
 
Compartilhe:
 
CONASEMS divulga relatório sobre dificuldades na alimentação do SIOPS
Foto: Reprodução
Municípios e COSEMS auxiliaram estudo encaminhando questionamentos

A partir da competência 2.013, por meio da publicação da Lei Complementar 141/2012, tornou-se obrigatório o registro eletrônico das receitas através do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos (SIOPS). O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) recebeu informações por parte dos municípios e dos COSEMS referente as dificuldades encontradas na obtenção dos certificados digitais, que são necessários para a atualização de informações no SIOPS. 

- Confira estudo completo

Itens destacados, segundo o relatório do CONASEMS: 

- As empresas desconhecem o processo (primeiro semestre) e acabam dificultando o processo

- Mesmo no segundo semestre, essas empresas ainda encontram dificuldades de certificação do prefeito e secretário(a) dentro do protocolo do Ministério da Saúde

- O processo de utilização dos Tokens após a certificação não é simples. O que causa dificuldade por parte dos gestores na hora do manuseio 

- Após debates, algumas considerações foram levantadas a fim de fortalecer o apoio aos municípios quanto à alimentação do sistema. Entre elas, o fortalecimento dos Núcleos de 

- Apoio dos SIOPS e um processo de capacitação a distância de gestão orçamentária e financeira voltada ao SIOPS 

O estudo foi entregue ao Conselho Nacional de Representantes Estaduais do CONASEMS (CONARES). 

16/01/2014
Fonte: CONASEMS
Total de comentários: 0 0 comentário(s) - Clique aqui e seja o primeiro a comentar
 
Confira também:
-
Portaria nº 3.815 habilita o município a receber recursos de capital destinados à aquisição de equipamentos para qualificação do atendimento em saúde bucal
-
Portaria SES nº 592/2017 define os valores do financiamento com recursos estaduais dos incentivos previstos na Resolução CIB/RS Nº 206/2017 e Portaria SES/RS nº 359/2017, a serem repassados aos hospitais sob gestão municipal e aos Hospitais Públicos da Administração Direta
-
Portaria nº 3.758 habilita Erechim a receber recursos destinados à aquisição de equipamentos e materiais permanentes para estabelecimentos de saúde
-
Portaria nº 3.759 habilita Novo Hamburgo a receber recursos federais destinados à aquisição de equipamentos e materiais permanentes para estabelecimentos de saúde
-
Portaria nº 3.761 habilita Nova Petrópolis, Porto Alegre e Quaraí receberem recursos referentes ao incremento temporário do Limite Financeiro da Assistência de MAC
 

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
Galeria de fotos