Buscar

Evento na FAMURS discute as estratégias para o enfrentamento das arboviroses urbanas no RS



Iniciou no dia 7/11, a capacitação de agentes comunitários de saúde para a utilização do Ovitrampas, uma nova tecnologia para o enfrentamento ao Aedes Aegypti. O Evento está sendo realizado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) e irá acontecer até sexta (11/11), na Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS).


Essa nova tecnologia faz parte de um projeto desenvolvido pela Secretaria Estadual de Saúde em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), que visa qualificar as ações de controle e monitoramento do mosquito Aedes aegypti.


Para a qualificação das ações foram selecionados 23 municípios do RS para serem pilotos dessa estratégia - Bento Gonçalves, Campo Bom, Estância Velha, Farroupilha, Igrejinha, Jaboticaba, Lajeado, Lindolfo Collor, Montenegro, Nova Hartz, Nova Petrópolis, Nova Santa Rita, Parobé, Rondinha, Santo Ângelo, São Marcos, Sapiranga, Sapucaia do Sul, Três Coroas, Triunfo, Tucunduva, Vacaria e Venâncio Aires.


O evento contou a participação do Vice-Presidente do COSEMS, Cacildo Delabary; da Secretária Estadual de Saúde, Arita Bergaman; o Diretor Adjunto do CEVS, Marcelo Valandro; e o Coordenador Geral de Vigilância de Arboviroses do MS, Cássio Peterka.



73 visualizações0 comentário