Buscar

Cosems/RS e SES/RS pactuam intervalo de cinco meses para terceira dose contra a covid-19



O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS) e a Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS) pactuaram nesta quinta-feira (18), que gaúchos adultos acima dos 18 anos poderão buscar a vacina de reforço cinco meses após a segunda dose feita.


A prioridade é ofertar as vacinas contra o Covid-19 para idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde e imunodeprimidos. A aplicação para menores de 60 anos deve priorizar aqueles com maior risco, como as pessoas com comorbidades, oferecendo para os demais conforme disponibilidade de doses. O estado aguarda a entrega das doses de reforço para as pessoas de 18 aos 59 anos pelo Ministério da Saúde conforme a determinação da liberação da terceira dose, por este motivo a precaução em priorizar a vacinação dos grupos que têm maior risco.


Respeitando o grupo de risco para vacinação prioritária, todo o adulto maior de 18 anos pode procurar a rede de saúde para receber a terceira dose, desde de que tenha recebido a segunda aplicação até 19 de junho independente da vacina recebida.


Segundo o presidente do Cosems Maicon Lemos, “Estamos construindo o melhor encaminhamento para que a população gaúcha já habilitada a receber a dose de reforço possa ser vacinada. É importante trabalharmos na priorização dos públicos estratégicos idosos acima de 60 anos, comorbidades e o intervalo de 5 meses entre a dose dois e a dose três”.


#sus #tevacina #covid19

8 visualizações0 comentário