Buscar

Nota de Esclarecimento: antecipação do intervalo entre D1 e D2 das vacinas Astrazeneca e Pfizer



O COSEMS/RS esclarece que a proposta de alterar o intervalo de 10 a 12 semanas, entre a primeira dose (D1) e segunda dose (D2), com as vacinas AstraZeneca/Fiocruz e fizer/Comirnaty foi apresentado pela Secretaria de Saúde do Estado(SES/RS) em Reunião Extraordinária da CIB realizada no dia 12 de Julho de 2021, sendo aprovada e pactuada pelo COSEMS e publicado na Resolução CIB Nº 190/2021, e com distribuição somente para 378.530 doses reservadas no CEADI que seguiram essa orientação conforme descrito no parágrafo único do Art. 3º da Resolução CIB Nº 195/2021:


Art. 3° - Distribuir 378.530 doses, que estão reservadas na

CEADIRS, que corresponde a 83% da 16ª remessa, para dar

continuidade a aplicação da segunda dose (D2) do esquema

vacinal da população. Parágrafo Único – O intervalo de 10

a 12 semanas entre a primeira dose (D1) e segunda dose (D2),

com as vacinas AstraZeneca/Fiocruz e Pfizer/Comirnaty, conforme

orientação da Resolução nº 190/21 – CIB/RS, será seguido somente

para esta remessa de vacinas.

https://saude.rs.gov.br/upload/arquivos/202107/20093350-cibr195-21.pdf


A Diretoria do COSEMS/RS esclarece que apresentou parecer favorável a essa pactuação após SES/CEVS/RS apresentar estudos, analisando a possibilidade de antecipação da D2 diante da identificação de casos de COVID-19 pela variante Delta no estado. Considerando as evidências científicas que relatam que indivíduos que receberam uma dose das vacinas Pfizer ou AstraZeneca apresentam uma efetividade reduzida para a variante Delta, mas com esquema vacinal completo destas vacinas, há uma resposta neutralizante robusta.


Considerando que não foi apresentado pelo estado proposta e nem sequer colocado em discussão, o retorno do intervalo de 10 a 12 semanas para a última remessa de doses apresentada em reunião de CIB no dia 20 de julho, e que nos causa surpresa ser veiculado na mídia que a solicitação tenha sido manifestada pelo COSEMS.


O COSEMS afirma que é favorável à antecipação do intervalo de 10 semanas entre D1 e D2 nos próximos lotes de vacinas que chegarem ao Estado do Rio Grande do Sul e destinadas para D2, desde que a proposta seja apresentada em Reunião de CIB para que estado e municípios pactuem em conjunto e que seja garantido doses D2 em quantidade suficiente para que os municípios possam cumprir esse intervalo.


Importante ressaltar que a participação do COSEMS no espaço de deliberações e tomada de decisão das reuniões do Colegiado Intergestores Bipartite (CIB/RS), se dá de forma conjunta, estado e municípios, e a partir da quantidade de doses recebidas na remessa do Ministério da Saúde e da apresentação de proposta de distribuição de doses apresentadas pelo Estado, e sempre será pautada em defesa dos municípios, contribuindo para as estratégias de organização das Secretarias Municipais de Saúde no que tange a respostas rápidas e eficazes que impactam diretamente na saúde da população.


Nos colocamos sempre a favor da municipalidade e nos interesses da gestão municipal.


Nota de Esclarecimento COSEMS: Antecipação 10 sem. D2
.pdf
Download PDF • 301KB



28 visualizações0 comentário